quinta-feira, março 05, 2009

Sempre que olho esta foto, tirada algures no mar da Galicia... vem-me à memória, um poema de alguém que admirei bastante... e, cuja vida deu um filme...MAR ADENTRO! Agora com a polémica da eutanásia de novo em cima, resta-me recordá-lo..... num dos seus mais sublimes poemas...

Mar adentro, mar adentro,
y en la ingravidez del fondo
donde se cumplen los sueños,
se juntan dos voluntades
para cumplir un deseo.
Un beso enciende la vida
con un relámpago y un trueno,
y en una metamorfosis
mi cuerpo no es ya mi cuerpo;
es como penetrar al centro del universo:

El abrazo más pueril,
y el más puro de los besos,
hasta vernos reducidosen un único deseo:

Tu mirada y mi mirada
como un eco repitiendo,sin palabras:
más adentro, más adentro,
hasta el más allá del todo
por la sangre y por los huesos.

Pero me despierto siempre
y siempre quiero estar muerto
para seguir con mi boca
enredada en tus cabellos.

(Ramón Sampedro)

70 Comments:

Blogger Paula Raposo said...

Eu fico sem palavras para a beleza da tua foto e do poema...não conhecia. Mais que belo!! Muitos beijos.

3/05/2009 9:42 da tarde  
Blogger FERNANDA & POEMAS said...

QUERIDA MARIA CLARINDA, BELA FOTO E POEMA... SIMPLESMENTE SUBLIMES...
UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

3/05/2009 9:48 da tarde  
Blogger flor said...

Muito bonito e profundo! A poesia lava-nos a alma...

3/05/2009 10:02 da tarde  
Blogger Maria said...

Este Homem sofreu que se fartou e teve uma coragem enorme para acabar com o sofrimento.
O poema é belíssimo.
Obrigada!

Beijo

3/05/2009 10:09 da tarde  
Blogger PAS[Ç]SOS said...

que da dualidade se faça unicidade, para que dos beijos se faça desejo, dos abraços se faça corpo e mar adentro as minhas palavras fiquem para sempre enredadas nos teus cabelos

3/05/2009 11:43 da tarde  
Blogger joaninha said...

Que foto tão bela!
O poema é maravilhoso e profundo.
Estes versos "Un beso enciende la vida
con un relámpago y un trueno,
y en una metamorfosis
mi cuerpo no es ya mi cuerpo;
es como penetrar al centro del universo" fazem-me sentir eu propria... o meu corpo vai deixando de ser meu...
Mil beijos Maria Clarinda

3/06/2009 12:04 da manhã  
Blogger Maria, Simplesmente said...

Por vezes é necessário ter a coragem de partir com toda a dignidade.
Muitos não me entendem mas... eu sei o que digo.
Essa tua fotografia é muito bela
Maria
Beijos

3/06/2009 12:23 da manhã  
Blogger Amaral said...

Sonhos e vontades... e um desejo que o mar parece entender, como o mais puro dos beijos ou como penetrar no centro do universo...
A Vida não vai deixar de ser vida! Nunca a Vida deixará que o homem destrua a liberdade de ser. Quando o mar se agitar e o universo parecer desabar, a Vida mudará para se recriar, nunca deixando de ser, nunca deixando de encantar...

3/06/2009 1:04 da manhã  
Blogger Sonia Schmorantz said...

Um poema seleto, muito bem escrito, cuja mensagem tão doce, lembra mais a vida que a morte...
um abraço

3/06/2009 1:47 da manhã  
Blogger Pena said...

Numa apresentação poética fabulosa narra o seu terno "sentir" num poema belo e indescritível nos seres humanos em fim de vida, que adquirem a sensatez(Muito polémica...Sim? Não?)da eutanásia!
Um assunto dedicado a que dá vida.
Sabe, porque lhe chamo genial, amiguinha doce, sabe...?
Porque tem atitudes destas. De fazer pensar...? De fazer Parar...reflectir com profundidade...sentir a imensa perplexidade do ser humano...a dúvida...a incerteza de um gesto simples...imensamente complexo...que mexe connosco...com a vida das pessoas...?
Exemplar, amiguinha de sonho.
Beijinhos amigos de respeito e eestima...
Sempre admirá-la

pena

Continuo a pensar...sabe?

3/06/2009 6:49 da manhã  
Blogger Cotovia said...

...desculpa,estava na dúvida se publicava ou não! Voltei a publicar...


Também levo sempre comigo a doçura das palavras que leio aqui.

bjo

3/06/2009 10:23 da manhã  
Blogger Isabel José António said...

Querida Maria Clarinda,

Uau| Que fantástico poema e que sensibilidade a sua para o ter escolhido para dele fazer este post.

Um grande abraço

José António

3/06/2009 11:06 da manhã  
Blogger Pedrasnuas said...

Que conjugação magnífica!!!Lindo!!!
MAR ADENTRO? Ofereceram-me o filme.
A eutanásia é polémca porque se confundem alguns conceitos...falta-nos a liberdade de opção!

Beijinho

3/06/2009 12:37 da tarde  
Blogger Anita said...

Amiga obrigada pela flores silvestres.
Aqui na quinta temos imensas. São lindas, todas misturadas dançando ao sabor do vento e que vento nestes últimos dias.
Obrigado linda pela visita e pelo carinho.
Bom fim de semana e um abençoado Dia da Mulher.
beijinhossss
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

3/06/2009 3:27 da tarde  
Blogger Thiago said...

Uma foto fantástica e um poema que sempre me arrepia...Parabéns!! um beijo de um filho que te adora!!

3/06/2009 3:56 da tarde  
Blogger CarlaSofia said...

Lindo, quantas vezes desejo mergulhar no mar e descobrir-me no centro do universo.
retribuo o beijinho do fim de semana
bjssss cósmicos

3/06/2009 4:07 da tarde  
Blogger Persida said...

Obrigada Maria Clarinda, por ter passado no meu blog, e venho com a finalidade de lhe agradecer, pela sua simpatia. Desejo-lhe um bom fim de semana.
Beijinhos
Persida

3/06/2009 5:26 da tarde  
Blogger © efeneto said...

Que chuvas escorreram
nos telhados
o sonho de um dia
de malmequeres por abrir?

Foram as águas inquietas,
copiosas e implacáveis
que rodeiam árvores
e pedras
e só param no mar
apaixonadas pelo azul.
Que de azul e malmequeres
seja o seu fim-de-semana
na companhia de quem mais ama

3/06/2009 9:43 da tarde  
Blogger Fernando Santos (Chana) said...

Olá, bela foto...belo poema espectacular....
Beijos

3/06/2009 10:48 da tarde  
Blogger Mário Margaride said...

Olá!

É de facto um filme magnífico! Uma lição de vida.

Beijinhos e um excelente fim de semana!

Mário

3/06/2009 11:46 da tarde  
Blogger heretico said...

belo poema. excelentes os propósitos...

beijos

3/07/2009 12:01 da manhã  
Blogger Mariz said...

Salvé amiga

Que belo poema...
quanta sensibilidade nesses versos
MAR ADENTRO, pois...percebo-te, bem.

Deixo-te um abraço com sabor a sal
o tal "sal da terra"...quem a adubará?!

Sempre...
Mariz

3/07/2009 2:47 da manhã  
Blogger Menina do Rio said...

Belissimos poema e imagem. Não conhecia o poema e o autor!

Um beijo pra ti querida

3/07/2009 4:59 da manhã  
Blogger O QUATORZE said...

Olá, Boa noite
Muito bem construido e simpatico.
LUIS 14

3/07/2009 7:44 da tarde  
Blogger Eärwen Tulcakelumë said...

Maravilhosa tua foto, como sempre! E obrigado por partilhar este poema tão lindo!!!!

Pérolas incandescentes de carinho amigo entrego em tuas mãos.

Eärwen

3/07/2009 10:36 da tarde  
Blogger Menina do Rio said...

A ti
Mãe
Mulher
Esposa
Amiga
Irmã
Mulher de profissão
Avó,
enfim,
A todas as mulheres que existem
dentro de cada uma do nós

"Benditas sejam todas vós, capazes de
engedrar a vida, tecendo lindas histórias
de luta e amor"

Um Feliz Dia a ti MULHER!

3/07/2009 11:09 da tarde  
Blogger Nuno de Sousa said...

Um texto em espanhol e mai suma bela imagem como tão bem sabes fazer...
Vou um dia fazer essa foto que pedes e depois a coloco no meu blog :-)
Depois quero saber a tua opinião... um bom desafio sem dúvida :-)
Bjs amiga e um dia feliz para o teu dia de amanhã,
Nuno

3/07/2009 11:11 da tarde  
Blogger Eduardo Aleixo said...

Belo, sim, mas muito triste.
Beijos meus e um bom domingo.
Eduardo

3/07/2009 11:31 da tarde  
Blogger margusta said...

Querida Clarinda,
...nunca tinha lido um poema do Ramón Sampedro. Gostei Imenso!!!

Bonita a tua foto...como sempre!

Um beijinho meu.

3/08/2009 12:06 da manhã  
Blogger Isabel José António said...

Que belo poema! Já nem falo das fotos, sempre extraordinárias...

Há novidades nos blogues de Isabel e José António:

http://flordojacaranda.blogspot.com/
http://reflexoessentidas.blogspot.com/
http://diarioestetico.blogspot.com/
http://newsletterfromlisbon.blogspot.com/

E no OBSERVATÓRIO há uma homenagem do dia da Mulher.

Abraço,

Isabel

3/08/2009 1:44 da manhã  
Blogger Menino Poeta said...

Obrigado pelo comentario!!!
sou grato por vossas palavras!!
bela imagem!! me fascino com imagens e poemas assim!!!

3/08/2009 4:32 da manhã  
Blogger Mariz said...

Salvé querida!
Eu já sei tudo o que me vais dizer... mesmo assim insisti em vir..pelo menos vês e sentes.

Foi inaugurado um mais blog - mesmo inacabado porque não tive tempo para mais nem dormi...- mas visará dar a conhecer o que me for surgindo, com a finalidade é ajudar o Planeta e também o nosso próximo; por isso lhe chamei "Ajuda e Divulgação".Lá, está visível uma prenda e um beijo, para todas, neste DIA ESPECIAL.
Seguidamente - e basta clikar no blog "ÓSCARES" - está já preparada uma homenagem, onde o prémio "MULHER 2009" espera a visita das que de uma forma mais assídua ou "en passant", vêm acompanhando o blog oficial "SOU PÒ E LUZ"! Neste também existe um mimo para todas.
Espero que gostes!

Abraço meu de sempre por entre as estrelas
Mariz

3/08/2009 10:06 da manhã  
Blogger Agulheta said...

Para a amiga com amizade neste dia.

...._.;_“.-._
...{`--..-.“_,}
.{;..\,__...-“/}
.{..“-`.._;..-“;
....`“--.._..-“
........,--\\..,-“-.
........`-..\(..“-...\
...............\.;---,/
..........,-““-;\
......../....-“.)..\
........\,---“`...\\
....._.;_“.-._ COM CARINHO

Lisa

3/08/2009 3:56 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

Muito bela a foto. Muito belo o poema. Obrigada por este momento.
Beijos.

3/08/2009 4:43 da tarde  
Blogger girassol said...

Um poema pelo dia de hoje. Um dia igual e/ou diferente a tantos outros.
Fica o poema...

"Mulher

Universo em que a vida se constroi
no cheiro de todas as flores
no calor de todos os veroes
ao sol, em toda a sua plenitude.
Mulher
abraço, consolo, vigor,
vida, sentidos, mae, mulher...
Mulheres
...e sao a dor e o choro
que transformam na força vida que sao
e dao..."

Toda a Felicidade em todos os dias em que construímos a existência.

Um abraço
Girassol

3/08/2009 4:58 da tarde  
Blogger Isabel-F. said...

é simplesmente fabuloso este poema.
adorei.

beijinhos

3/08/2009 5:49 da tarde  
Blogger Eduardo Aleixo said...

Neste dia da Mulher tenho no meu blogue uma musiquinha que gostava que ouvisses. Beijo. Um dia de amor.
Eduardo

3/08/2009 7:12 da tarde  
Blogger *Lisa_B* said...

Querida amiga,
este era um grande homem e vale a pena recordar a sua vida e morte...neste dia e em todos da nossa vida como um exemplo de coragem em todos os aspectos. Ele foi Grande e tu és uma Grande Mulher de uma sensibilidade e carinho enorme pelos que te rodeiam e onde consigas chegar com a tua palavra e olhos.
Obrigada pela minha parte por tudo que me tens dado e graças a ti e todas eu se me fui abaixo em algum momento logo de seguida recuperei e lutei e continuo a lutar pelo meu filho.
Feliz dia amiga.
Beijinhos

3/08/2009 7:50 da tarde  
Blogger São said...

Eu li "Cartas do Inferno", comovente e digno.
Feliz Dia da Mulher, embora o sejam todos.
Boa semana.

3/08/2009 9:12 da tarde  
Blogger Vieira Calado said...

Um beijinho para si

neste dia da Mulher.

3/08/2009 10:22 da tarde  
Blogger elvira carvalho said...

Para si neste dia especial
………………….;_'.-._
……………….{`--♥.-.'_,}
………………{;..\,__...-'/}
....._.;_'.-._ …{..'-`.♥_;..-';
...{`--.♥-.'_,}…`'--.._..-' ....._.;_'.-._
.{;..\,__...-'/}…._.;_'.-._ ...{`--.♥-.'_,}
.{..'-`.._;..-';.{`--.♥-.'_,}.{;..\,__.. .-'/}
....`'--.._..-'.{;..\,__...-'/.{..'-`.._ ;..-}
........,--\\..,-"…`'--.._..- .....--.._..-
...... ....._.;_'.-._..... ||......//
..........{`--.♥-.'_,}.,-"-.....//.,-"-. .
........{;..\,__...-'/....'-.\.// (..'-...\
………..{..'-`.._;..-'. ,/. // ;---,
......../....-'.)\\......... /.,-"-....\
........\,---'`...\\.......//. (..'-.....\
.....................\\ ..//
................../_\\Y//_\
.................(_,-}={-,_)
...................\_//((\_/
.....................//))(\
....................(/..))
........................((
.........................\)
Com um abraço

3/08/2009 11:24 da tarde  
Blogger Pedro S. Martins said...

o mote é triste. o poema não.

3/08/2009 11:35 da tarde  
Blogger LUA DE LOBOS said...

é a 1ª vez que leio Ramon Sanpedro e fiquei fascinada... tocou-me profundamente
obrigada Clarinda. olha e aparece no meu blog que está lá um "amigo" teu que eu "bifei" ehehhe
xi
maria

3/09/2009 9:43 da manhã  
Blogger Osvaldo said...

Olá Maria Clarinda;
Esta bela foto que te inspirou publicar o poema de Ramón Sampedro, refrescará a memória daqueles que têm tendência a esquecer rápido os dramas alheios e a vida e morte deste tema é para ser recordado e nunca esquecido.
Parabéns.

bj
Osvaldo

3/09/2009 11:42 da manhã  
Blogger Meg said...

Cara Maria Clarinda,

Depois de 2 meses privada de net, por ter mudado de residência, aqui estou de regresso, finalmente, e venho, numa primeira visita, deixar um abraço e a promessa de voltar para ler e comentar, como é devido.

Um abraço

Meg

3/09/2009 3:34 da tarde  
Blogger Ana Oliveira said...

Gostava de conhecer esta história.
A foto é linda...o poema desperta a sensibilidade...

Um beijo

Ana

3/09/2009 4:40 da tarde  
Blogger Chama Violeta said...

Olá!!! Bela foto, belas palavras!!!
Beijinhos de luz e fica na paz!!!

3/09/2009 5:36 da tarde  
Blogger vaandando said...

O filme foi triste e comovente !
Defendo aquele direito a morrer com um punhal apontado ao meu peito, é só o que consigo dizer , e escrevo hoje , mas todos estes dias quando por aqui passava era-me difícil
Abraço, Maria
__________ JRMARTO

3/09/2009 10:32 da tarde  
Blogger Olhos de mel said...

Sem a menor dúvida, querida amiga, um belo poema!
Boa semana! Beijos

3/10/2009 2:00 da tarde  
Blogger . fina flor . said...

muito bonito e a música compôs bem ;o)

beijos, querida e boa semana,

MM.

3/10/2009 4:37 da tarde  
Blogger Mª Dolores Marques said...

Nada como falar da vida e o que nos faz ser em liberdade, através do despertar de consciências, quer indiviudais quer no colectivo (que são uma só), para nos laevra a falar da morte.


belo o poema, forte a mensagem

Bjs

3/10/2009 11:35 da tarde  
Blogger Maripa said...

Minha querida,bem-hajas por este momento de grande sensibilidade. É impossível ler e não sentir toda a força das palavras.

Beijinho,Maria Clarinda.

3/11/2009 12:11 da manhã  
Blogger Mário Margaride said...

Querida amiga

Na sombra da noite, aqui estou. Para te dar um beijo de carinho, e desejar um dia de quarta feira, com tudo de bom.

Mário

3/11/2009 3:09 da manhã  
Blogger Vox Maris said...

Gosta de música coral e sacra ?

Venha assistir ao concerto do dia 15 de Março às 16h no Salão Paroquial da Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Lisboa. Entrada livre.

Para mais informação, consulte o blogue do coro VOX MARIS.

3/11/2009 7:47 da tarde  
Blogger TristãoeIsolda said...

É uma foto que desperta um universo de sentires, de reflexões.
Há como que um ganhar e um perder, neste mar revolto.

Abraço

3/12/2009 12:25 da manhã  
Blogger O Profeta said...

As cores que reténs em tua alma
Entraram pelo coração
São luzeiros em céu nocturno
A força de uma oração

Vês com o sentir do sonho esquecido
Com mãos esculpindo o encanto
Às vezes elas ficam presas
Às águas que brotam do pranto


Boa semana


Mágico beijo

3/12/2009 4:37 da tarde  
Blogger Multiolhares said...

Lindo o poema. linda também a foto
é preciso força para viver e por vezes para perecer
beijinhos

3/12/2009 8:29 da tarde  
Blogger mundo azul said...

_______________________________

...muito lindo!
A foto faz jus ao poema...


Beijos de luz e carinho!!!

_______________________________

3/12/2009 8:47 da tarde  
Blogger Pena said...

Palavras significativas, com uma mensagem majistral e profunda.
Beijinhos.
Bem-Haja!

pena

3/13/2009 10:26 da manhã  
Blogger Metamorfose said...

Cada um devia ser livre de escolher, nenhuma delas é fácil. Excelente como de costume.
Bom fim de semana, beijo.

3/13/2009 2:40 da tarde  
Blogger Eärwen Tulcakelumë said...

Venho deixar uma pérola incandescente de carinho amigo.

Eärwen
13.03.09

3/13/2009 6:58 da tarde  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
se a morte
é libertação,
a eutanásia
é a libertação total,
,
conchinhas meditativas, deixo,
,
*

3/13/2009 11:14 da tarde  
Blogger Je Vois la Vie en Vert said...

Olá Maria Clarinda,

Já tinha muitas saudades de ver as tuas belas fotos e os teus maravilhosos textos ! Fazendo uma visita rápida, descubro que perdi muitas excelentes postagens tuas !

A vida, uma descoberta e a morte , o grande mistério.

Continuo muito atarefada mas é sempre com gosto que te leio !

Beijinhos verdinhos para ti e para os que te são queridos

Verdinha

3/14/2009 6:57 da tarde  
Anonymous Menina do Mar said...

Olá!
Obrigada pela visita!
Fiquei fascinada com este este espaço.
Até breve!

3/14/2009 9:17 da tarde  
Blogger Laura said...

Olá. Lembro-me dele, tal e qual, na cama, e nem sei como tinha esta poesia...TU DESCOBRES TUDO!... Bonito, triste, mas, é a vida. beijinho meu..laura..

3/14/2009 9:19 da tarde  
Blogger Maria, Simplesmente said...

Estive no 1000imagens a contemplar as muitas maravilhas que lá encontro sempre.
Diz-me Maria... o Caracol também gosta de "ovos moles"?
Grande macro! Um encanto!
Bjs
Maria

3/15/2009 2:53 da tarde  
Blogger Mariz said...

Não me digas que te perdeste nesse mar...e não voltas mais?

Abraço meu... que te escuto...

Sempre
MAriz

3/15/2009 8:36 da tarde  
Blogger Olhos de mel said...

Oie linda, passando para lhe desejar uma boa semana!
Beijos

3/15/2009 10:22 da tarde  
Blogger Sofá Amarelo said...

Sublime o poema e o pensamento que transmite! Todos devíamos parar de vez em quando para... pensar!!!

Muitos beijinhos!!! Boa semana!!!

3/15/2009 11:20 da tarde  
Blogger Angelo Morgado said...

Ramón Sampedro amigo mio, que tengas paz ahora, que mientras te podamos leer no te olvidaremos jamás

foi uma linda postagem parabens

4/16/2009 3:30 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home