sábado, janeiro 03, 2009

Hoje ao rever algumas fotos da minha galeria que tenho na net ...deparei-me com esta foto que de imediato me fez recuar no tempo... trazendo com ela as mesmas emoções...
Era uma estátua bela...eu, e a atracção de explorar cada pormenor por elas oferecidas...deparei-me com estes pés...pés gretados...pés magoados...pés sofridos...pés que me fizeram pensar...quem lhes teria dado tanta força?...o escultor... a erosão do tempo...ou jáeram assim ...marcados...gretados...sofridos...pés que trouxe comigo... apenas...para não esquecer...pés marcados...na sua longa caminhada.... por este ponto no Universo chamado Terra...

49 Comments:

Blogger Paula Raposo said...

Eu acho que os pés eram assim e o escultor limitou-se a dar-lhes a forma que viu...digo eu. Muitos beijinhos com um sorriso...

1/05/2009 9:04 da tarde  
Blogger heretico said...

há pés assim. que não são "pés de barro"...

excelente post,

beijos

1/05/2009 9:47 da tarde  
Blogger Laura said...

Pés que caminham
Pela imensidão
Pés que a todos
Ensinam
E dão uma lição !...

É mesmo. Há pés lindos, cheios de vernizes e cores mil, pés que não sabem o que é a dureza da vida, pés que nunca se cansaram porque não precisaram de atravessar desertos e mares profundos...
É isso, Há e sempre haverá pés rotos, pés nus! e outros nunca sentirão a pele áspera, nem saberão o que é viver...pois é no sofrimento que se vive e se aprende!...

Beijinhos, muitos e sim, no nosso Bairro andei descalça, descalça pelas ruas, pela areia do mar, pelas estradas, pelo mangais, pelo capim e nas lagoas,nos rios, enfim, dei muito descanso aos meus pés e muitos caminhos conheceram eles também...

1/05/2009 9:57 da tarde  
Blogger Maria, Simplesmente said...

Muito boa esta tua fotografia Maria!
Respondo ao teu comentário, se não te importas no meu blog.
Espero que tenhas passado uns dias bons e que o 2009 seja feliz para ti. Que seja cheio de amor.
Um abraço grande
Maria

1/05/2009 10:51 da tarde  
Blogger mundo azul said...

__________________________________

...pés que marcaram a vida em suas pegadas...

Bonito!!!


Beijos de luz e o meu especial carinho!!!

__________________________________

1/05/2009 11:25 da tarde  
Blogger Maripa said...

Belíssima foto...

Há pés assim sem serem de escultura,pés doridos e feridos de tanto palmilhar que pertencem a gente de coração sofrido onde nem sequer mora a esperança de dias melhores.

Como seria bom que pés assim só existissem em estátuas...

Beijo com muito carinho,Maria Clarinda.

1/05/2009 11:38 da tarde  
Blogger Ana Martins said...

Cara amiga,
não me queria repetir, mas é verdade, há pés assim, causticados pelos dias difíceis de trabalho árduo que nem sequer é devidamente valorizado e remunerado.

Beijinhos,
Ana Martins

1/06/2009 12:47 da manhã  
Blogger São said...

Posso roubar a tua foto para ilustrar o poema de Torga que ela me trouxe à memória?
Desde já , obrigada. Caso contrário, avisa-me, sim?
Bom 2009!

1/06/2009 9:17 da manhã  
Blogger CarlaSofia said...

Belíssima foto. No nosso corpo inscrevemos o nosso caminhar.
Que os nossos pés se tornem leves e sim poderá dançar se quiser.
Um beijinho de LUZ

1/06/2009 10:04 da manhã  
Blogger Luis e Paula said...

Outros olhares, outro andar...
Bom ANO
Beijo

1/06/2009 11:53 da manhã  
Blogger Bandys said...

Nossa que lindo post. Tudo! Imagem e escrita.
Que nossos pés sejam um rumo de paz.
beijos

1/06/2009 2:12 da tarde  
Blogger joaninha said...

É verdade Maria Clarinda, há pés que traduzem toda uma vida, mesmo que estejam eternizados em estátuas… lembrei-me sim, mas de pés que trabalhavam na terra, que caminhavam com carradas de peso, que deslizavam no “matope”, ou se enterravam por entre os mangais na apanha do enormíssimos e deliciosos caranguejos… como a tua maravilhosa foto me transportou a tempos idos…
Um grande beijo para ti . Bom ano, bons textos e belas fotos!

1/06/2009 9:45 da tarde  
Blogger Anita said...

Que teu amanhecer seja tão encantado como a mágica de todas as fadas…
Teus desafectos sejam tão pequenos como a menor gota do mar…
Teus caminhos sejam tão límpidos como as águas do mais sonhado riacho…
Tuas fantasias sejam tão boas como o desejo da jóia mais cara…
Tua docilidade seja tão sensível como a do mel mais natural…
Tua capacidade seja tão aprovada como a alma mais povoada…
E o nosso afecto seja tão verdade como a nossa amizade…

Uma noite maravilhosa amiga.
Beijinhos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

1/06/2009 10:16 da tarde  
Blogger FERNANDA & POEMAS said...

Querida Maria Clrinda, tenho que te confessar que fiquei impressionada, com estes pés... Apesar de ser uma escultura... Representa o trabalho deluroso de muitos seres Humanos... Um grande abraço de ternura,
Fernandinha

1/06/2009 11:03 da tarde  
Blogger mfc said...

Antes de todas as interrogações que colocaste, eles foram novos, pisaram um mundo novo, levaram aquele ser a descobrir-se.
Mas o Tempo transformou-os...

1/06/2009 11:37 da tarde  
Blogger Um Poema said...

....

A imagem levanta tantas questões como mistura emoções.

Excelente!

Um abraço

1/07/2009 12:45 da manhã  
Blogger Graça Pires said...

Tanto caminho andado...
Bela imagem.
Um beijo.

1/07/2009 11:53 da manhã  
Blogger Eduardo Aleixo said...

Maria Clarinda


Escultra da vida. Os pés falam. Basta saber olhar. E tu sabes olhar. E mostrar aos outros que é importante saber olhar. Obrigado pela partilha.
Quanto aos bambus...sim, sei, vivi na China nove anos. Sabes, o bambu está relacionado com o taoismo: não é preciso força, mas flexibilidade...
Beijo.
Eduardo

1/07/2009 12:44 da tarde  
Blogger Serenidade said...

Os pés, descalços, marcados pelo tempo....

Que este seja um ano de evolução efectiva, onde o Amor, a Esperança, a Humildade. a Organização e a entre-ajuda sejam prioritárias.

Obrigada pela companhia em 2008.
Continuemos a nossa amizade em 2009

Sorrisos serenos.

1/07/2009 1:55 da tarde  
Blogger MPereira said...

Este comentário foi removido pelo autor.

1/07/2009 5:09 da tarde  
Blogger maresia_mar said...

Olá
que bela foto e o texto condiz!
feliz 2009
Beijos

1/07/2009 5:13 da tarde  
Blogger Sol da meia noite said...

São pés que falam, que tantas histórias têm para contar...
Pés que o barro de duros tempos foi moldando.

Um beijinho e um bom 2009
*

1/07/2009 6:09 da tarde  
Blogger Carla said...

que foto fabulosa...como se houvesse uma beleza transcendental
beijos e bom ano

1/07/2009 8:17 da tarde  
Blogger BlueVelvet said...

No fundo os pés, tal como as rugas no rosto falam de histórias de vida.
Beijinhos

1/07/2009 10:51 da tarde  
Blogger Maria, Simplesmente said...

Hoje, porque a emoção já não é a mesma do último dia em que te coloquei comentário, porque o Natal passou, e embora tenham ficado os sentimentos estamos com um Sol radioso que se não fosse o frio nos daria a ilusão da Primavera, estou a apreciar a tua fotografia com "outro olhar".
Não sei que estátua é Maria, mas observando melhor parece-me que o escultor quis dar-lhe toda a realidade e emoção que tu sentiste.
São pés de quem em terras secas lavravam a terra horas e horas seguidas, picados por duros e pequenos troncos, onde o pó fino da terra os escondia.
Sabes Maria, eu conheci pés assim, e a primeira vez que os vi impressionei-me muito.
Beijos
Maria

1/08/2009 11:33 da manhã  
Blogger vaandando said...

Imagem brutal , ....
Os pés do mundo , de um certo mundo caminhando, ocorreu-me Àfrica....


Cordialmente
_________ JRMARTO

1/08/2009 4:20 da tarde  
Blogger heretico said...

beijos

1/08/2009 8:34 da tarde  
Blogger Gata Verde said...

É tão realista que cheguei a pensar serem verdadeiros!
Linda imagem!

beijos

1/08/2009 10:59 da tarde  
Blogger LUA DE LOBOS said...

uma fotografia que vale por milhões de palavras
xi
maria

e tu que nem és poetisa... faria se fosses::::))))

1/09/2009 8:38 da manhã  
Anonymous Fernando Rui said...

Mais uma vez aqui estou.
Fico sempre sem palavras, quando olho as tuas fotos e leio as palavras que sempre as acompanham e, me fazem ver-te como realmente és, a Miúda que sempre admirei.
Um beijo de mim para ti.

1/09/2009 10:25 da manhã  
Blogger Isabel José António said...

Olá Maria Clarinda,

Venho retribuir a sua simpática visita ao nosso blog.

Pés que caminham
Por veredas desconhecidas
Quais terras já percorridas

Pés que sangram da fadiga
Da vida que por viver
Ou daquela que foi vivida

Pés que não se dirigem
A locais determinados
Pois estão paralisados

Pés que se desfadiam
E o Ser agora viaja
Outra dimensão anseia


José António
Um grande abraço

1/09/2009 4:45 da tarde  
Blogger GarçaReal said...

A foto é fantástica...Expressivos estes pés.

Todos caminhamos . Uns terão pés mais gretados que outros consoante a sua caminhada.

Bom Ano

Bjgrande do Lago

1/09/2009 7:07 da tarde  
Blogger Odele Souza said...

Um caminhante, por esse mundo errante. Por onde terá andado? Que caminhos terá desvendado?

Beijos pra ti.

1/09/2009 8:38 da tarde  
Blogger Multiolhares said...

tantas vidas que se encontram gretadas como esses p´s que fazem doer o olhar
beijinhos

1/09/2009 11:32 da tarde  
Blogger Duarte said...

Convém, por vezes, retroceder no tempo, merece a pena uma contemplação em frio, distante no tempo, sempre enriquece.
No caminhar da vida os pés os mais sacrificados, alguns muito mais...

Abraços

1/10/2009 12:37 da manhã  
Blogger Menina_marota said...

Pés sofridos de caminhos andados... pés que sofreram a dureza das pedras, o frio das calçadas.

Mas, sabes... há corações nesse estado, só que não se veem...

Um abraço carinhoso e bom fim de semana ;)

1/10/2009 12:52 da manhã  
Blogger Sonia Schmorantz said...

Obrigado pela visita, pelo incentivo. Tudo aqui é muito lindo também.
Beijos e um bom final de semana para ti.

1/10/2009 2:38 da manhã  
Blogger kakauzinha said...

Pés de quem palmilhou mundos e vidas, sofridos, cansados, descansando para depois erguerem o corpo de novo... para a Esperança.

Beijinhos azuis****

1/10/2009 4:19 da manhã  
Blogger vida de vidro said...

A foto é excelente e, na verdade, suscita-nos um sem número de emoções. Belo post, amiga. **

1/10/2009 7:57 da tarde  
Blogger São said...

Com sinceros agradecimentos por me permitires enriquecer o post de hoje com a tua belíssima foto, te desejo um excelente fim de semana.
Bem hajas!

1/10/2009 11:43 da tarde  
Blogger São said...

Venho dizer-te que sempre que queiras , poderás utlizar aquilo que estiver nos meus espaços.
De novo, te agradeço !
Beijinhos, muitos.

1/11/2009 10:49 da manhã  
Blogger FERNANDA & POEMAS said...

querida Maria Clarinda, venho desejar-te uma boa tarde de Domingo...Deixo-te um abraço de carinho e ternura,
Fernandinha

1/11/2009 1:42 da tarde  
Blogger Isabel José António said...

Quando puder, passe também nos nossos outros blogues, npmeadamente no Poesia Viva, no Observatório e na Newsletter from Lisbon

1/11/2009 7:45 da tarde  
Blogger Sonia Schmorantz said...

Talvez a nova semana tenha dificuldades, ainda assim haverá alegrias...
Talvez a nova semana tenha preocupações, ainda assim haverá soluções...
Talvez a nova semana traga alguns atritos, ainda assim trará o desafio do aprendizado do convívio...
Talvez não seja exatamente como a queremos, mas podemos nos surpreender e alegrar com o que nos trará.
Tomemos a nova semana com disposição de vivê-la do melhor jeito, de abraçar a parte feliz e de aprender com o que contrariar a nossa expectativa.
Tenhamos boa vontade com a nova semana e um sentimento de profunda gratidão à vida.
Um abraço

1/12/2009 12:04 da manhã  
Blogger Thiago said...

Este comentário foi removido pelo autor.

1/12/2009 5:15 da tarde  
Blogger Thiago said...

Já tinha passado por aqui para comentar este texto, mas pelos vistos n ficou gravado!!

Basicamente dizia que só mesmo tu para captares esta imagem e estes pés cheios de história.

um beijo com saudades e carinho de uma catalunya nevada

1/12/2009 5:15 da tarde  
Blogger Pedrasnuas said...

Curioso como nos esquecemos dos pés em prol das mãos calejadas...O sofrimento esconde-se em qualquer lado do corpo ou da alma! Pés marcados com o estigma da pobreza!
Pés doridos! Pés que sangram!
E tantos pés caminham por esse mundo fora e levam grandes mistérios!
Beijo Amigo
Adorei o ângulo da foto mesmo que ilustre uma realidade triste

1/13/2009 11:23 da tarde  
Anonymous intelligence said...

gucci
gucci bag
gucci handbag
buy gucci
gucci wallet

1/16/2009 9:12 da manhã  
Blogger João Castela Cravo said...

É sobretudo nestes pormenores sensíveis que tu fazes a diferença na fotografia... só para te dar um beijinhos...
E um grande abraço ao Mário!

4/18/2009 1:58 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home