quinta-feira, janeiro 29, 2009

Num instante…não mais que num instante...
Uma frase atirada, como quem atira uma bomba... e ...o mundo desmoronou aos seus pés...
o corpo sentindo o impacto da dor... cambaleou... sentindo que estava a cair vertiginosamente por um abismo…tudo tinha virado noite escura !
...Não via nada, não ouvia… era o fim! Porém... num ultimo esforço, a sua mão conseguiu agarrar algo que o manteve em cima…O que fazer?
As forças estavam a esgotar-se...quando pensava que nada nem ninguém a salvariam, gritou um nome em desespero... devagar... viu de novo a luz, o som...
Estava de novo em cima, num instante…não mais que num instante...

(Foto tirada em Reboredo - Galícia)

78 Comments:

Blogger MPereira said...

Este comentário foi removido pelo autor.

1/29/2009 10:43 da manhã  
Blogger Amaral said...

Aquele instante... o tal instante em que, conscientemente, entramos dentro do "eu" e lembramos que somos aquele "ser" que É para além de tudo o que foi...
Em determinado momento, encontraremos sempre o "instante" único que não é passado nem futuro. Aquele instante em que sentimos a transcendência acolher-nos, como num repente...
O teu "instante" faz reflectir.

1/29/2009 10:55 da manhã  
Blogger CarlaSofia said...

Lindo Clarinda.
Há instantes nossos que são o limite.
Deixo aqui um beijinho de LUZ

1/29/2009 10:58 da manhã  
Blogger Pena said...

Por vezes as palavras que nos atiram são como "bombas".
Tudo desaba num instante. Num momento.
Um texto profundo. Sentido.
Ainda bem que ficou de novo "em cima"...
Compreendo: ferido, ..."em cima", "...não mais que num instante"..."
Genial! Faz pensar...
Uma soberba manifestação de um sentir.
Beijinhos

pena

OBRIGADO pela simpatia e amabilidades expressa no meu "cantinho".
Bem-Haja!

1/29/2009 11:21 da manhã  
Blogger Paula Raposo said...

Sempre espantosas as tuas fotos e as tuas palavras. Aquele instante que marca toda a Vida. Eu sei. Muitos beijos, Clarinda.

1/29/2009 11:25 da manhã  
Blogger gaivota said...

muitos instantes que até são mágicos, marcantes e para viver sempre com fé e entusiasmo para que a vida siga em frente!
beijinhos

1/29/2009 11:56 da manhã  
Blogger _E se eu fosse puta...Tu lias?_ said...

Sarava!

Haja força!

;)

um beijinho

1/29/2009 12:19 da tarde  
Blogger Mário Margaride said...

Belo poema, que contem em si um grito de esperança. Devemos agarrar sempre a corda que nos oferecem, quando sentimos que nos estamos a afundar.

Tudo de bom para ti.

Beijinhos

Mário

1/29/2009 12:32 da tarde  
Blogger Isabel José António said...

Querida Amiga Maria Clarinda,

É preciso, em primeiro lugar, dar-lhe os parabéns por tão bonito texto.

Em segundo lugar dizer-lhe que o tal instante (diríamos, o instante decisivo)pode verificar-se em "n" situações. Por vezes uma dor, ferindo, pode servir para despertar. Ou pode servir para irmos recorrer a forças que julgavamos não ter. Ou ainda para mudar de caminho ou descobrir que o SER ESSENCIAL, não se sente afectado pelo que quer que seja, mas sim apenas o vulgar "eu" que se sente sempre injustiçado, mal compreendido ou é arrogante e agressivo.

Era um mundo de hipóteses as que um instante decisivo abre.

Parabéns.

Um abraço

José António

1/29/2009 12:32 da tarde  
Blogger GarçaReal said...

Um texto que dá que pensar...
A luta pela vida...O buscar de forças talvez perdidas ou até forças que nem se imagina que existem....Que estão lá.

Como sempre uma foto fabulosa e absolutamente fora do comum.

Bom resto de semana ( esperemos que o tempo melhore )

Bom ler-te

Sempre um

Bjgrande do Lago

1/29/2009 12:50 da tarde  
Blogger Angel of Light said...

Butterfly!

Adorei este instante... como todos os outros instantes que por aqui já testemunhei... instantes de sofrimento, instantes de alegria...

A foto está magnífica.

Beijinhos de Amor e Luz!

1/29/2009 12:52 da tarde  
Blogger Lucy said...

Olá Clarinda!

Também eu, tenho saudades dos nossos encontros entre uma foto e outra, entre momentos de alma...

Tantos de nós estão neste momento a agarrar-se desesperadamente a um leme qualquer e a mão a ficar escorregadia...

Está na hora do 'grito' - do chamamento da Luz!

Gostei do texto e muito da foto.
Vai aparecendo e viajando comigo!
Um beijo,
Lucy

1/29/2009 1:04 da tarde  
Blogger Pelos caminhos da vida. said...

Belo instante!

beijooo.

1/29/2009 1:28 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

A palavra redentora. Que salva do abismo. Num instante... Não mais que num instante. Muito bom.
Um beijo.

1/29/2009 2:27 da tarde  
Blogger BlueVelvet said...

Num instante...Não mais que num instante...e tudo pode mudar na nossa vida.
Sublime.
Beijinhos

Ps:passa lá no Bluevelvet. Tens um miminho

1/29/2009 2:50 da tarde  
Blogger Agulheta said...

Adorei o texto de força e coragem, para enfrentar os desafios com que lidamos na vida.

Beijinho

Lisa

1/29/2009 5:24 da tarde  
Blogger PoesiaMGD said...

Um instante deveras importante!
Abraço

1/29/2009 7:02 da tarde  
Blogger Gata Verde said...

Torna esse instante infinito...

1/29/2009 9:57 da tarde  
Blogger PURO AMIGO said...

Olá. Boa noite
Obrigado pela sua atenção, eu virei com tempo ver o seu agradável espaço.
Hoje estou um pouco esgotado.

Amizade
Miguel

1/29/2009 11:22 da tarde  
Blogger Menina do Rio said...

Ainda que por um instante. Pois basta este instante...

Um beijo pra ti querida

1/29/2009 11:58 da tarde  
Blogger Alexandra said...

Passei para agradecer a passagem e palavras deixadas.

Encontrei contudo outros "discursos" que bastante me interessaram. Não podiam ser mais verdadeiras estas palavras: "Uma frase atirada, como quem atira uma bomba... e ...o mundo desmoronou aos seus pés..." se por vezes pensassemos nos estrondosos impactos provocados por uma frase, provávelmente nunca a diríamos!

Adorei!!

Parabéns!

Beijo

1/30/2009 12:01 da manhã  
Blogger Ana Martins said...

Um excelente texto!
Muitas vezes quando o fim parece ser o limite, surge uma força por vezes desconhecida, saída não se sabe de onde, mas que nos salva e faz desejar de novo viver a vida!

Beijinhos,
Ana Martins

1/30/2009 1:05 da manhã  
Blogger Maripa said...

A soma de todos os instantes de que é feita a vida...que uma vez nos afunda,outra nos levanta.

E essa mão,essa mão que nos ampara e nos dá alento para a caminhada...

Belo texto de reflexão,
Maria Clarinda.

Beijo,querida e o meu carinho.

1/30/2009 1:22 da manhã  
Blogger Sonia Schmorantz said...

Colho o inefável entre as mãos do vento
como quem colhe rosa em pensamento;

cresço no Tempo e o colorido lento
do vento apaga minha realidade;

pássaro livre nos jardins cifrados,
vôo em violino, em minhas mãos me invento.

Colombo de Souza

beijos

1/30/2009 1:33 da manhã  
Blogger Véu de Maya said...

belíssimmo e profundo este instante que contém a eternidade...
Prazer visitar o teu espaço.

bjinho

véu de maya

1/30/2009 2:11 da manhã  
Blogger elvira carvalho said...

Todos nós temos forças inumanas quando estamos em desespero.
Um abraço e bom fim de semana

1/30/2009 9:06 da manhã  
Blogger O Profeta said...

A terra adormece no nevoeiro
Tenho a pressa do vento
Um coração errante procura
A doçura de terno momento

Frágil e palpitante luz
A beleza voa com a manhã
O mar solta na terra ternos murmúrios
Perde-se na espuma toda a palavra vã




Bom fim de semana


Mágico beijo

1/30/2009 12:44 da tarde  
Anonymous entremares said...

A vida é...
Um instante.
O filósofo até diz que é um sonho,
A criança até diz que é algodão-doce,
e nós, todos os outros,
só podemos dizer que a vida é efémera,
tão frágil como as pétalas de uma papoila,
tão irrepetível,
tão única.
A vida é, sómente.

1/30/2009 5:09 da tarde  
Blogger Olhos de mel said...

Querida amiga, perfeita sintonia entre foto e belo texto!
Bom fim de semana!
Beijos

1/30/2009 11:49 da tarde  
Blogger Nuno de Sousa said...

Amiga Clarinda mas que foto espectacular... que foto, do melhor q tenho visto... parabéns e o texto então fabuloso, belo conjunto este sem duvida.
Bjs e um bom fds... abraço no marido,
Nuno

1/31/2009 12:55 da manhã  
Blogger Adrielly Soares said...

Todo mundo precisa de uma mão que esteja sempre do seu lado.
:*

eu adoro suas fotos.

1/31/2009 2:04 da manhã  
Blogger Mário Margaride said...

Olá Ângela!

Muito obrigado, pela visita e comentário ao meu cantinho.

Gostei muito este universo de fotos muito interessantes1

Parabéns!!

Beijinhos e um bom fim de semana!

Mário

1/31/2009 2:56 da manhã  
Blogger Carla said...

porque tudo pode acontecer num instante..inclusivé o clicar de uma bela foto
beijos e bom fds

1/31/2009 2:31 da tarde  
Blogger Laura said...

Haverá sempre uma mão que se estende
Passem quantos passarem por nós
Nos nossos momentos dolorosos
Mas a mão que vamos agarrar
Será a mão dos afectos
Que nunca conseguiremos largar!...

Um beijinho cheio de paz, e uma mãozinha para que quandod er, nos alcemos ao firmamento em busca daquela paz tão apetecida!...

1/31/2009 2:43 da tarde  
Blogger vida de vidro said...

Há instantes que nos mudam a vida. E, com sorte, uma luz que nos puxa para cima. Belos, texto e foto. Beijo e bom fim de semana.

1/31/2009 5:43 da tarde  
Blogger heretico said...

pelo "abismo" nos salvamos. tantas vezes...

beijo

1/31/2009 7:16 da tarde  
Blogger mfc said...

A vida é assim... há que manter sempre a esperança.
Bonito texto.

1/31/2009 9:06 da tarde  
Blogger Carol Flor said...

amei :)
acho que por vezes me sinto um pedacinho assim
grande bjo na alma

2/01/2009 1:30 da manhã  
Blogger Sol da meia noite said...

Se num instante as forças nos abandonam e nos sentimos ir ao fundo... num outro instante as recuperamos e nos agarramos ao que resta.
Nesse instante descobrimos em nós aquela força que nem julgavamos ter...

Jinhos, com amizade * *

2/01/2009 2:00 da tarde  
Blogger Dennys Reys said...

Basta apenas um instante para tudo mudar.

2/01/2009 2:19 da tarde  
Blogger LUA DE LOBOS said...

sabes o que me lembrou o teu texto?
algures no tempo alguem que tropeçou num crocodilo que passeava tranquilo em casa de alguem muito louco que o soltava quando as visitas nao lhe agradavam :::)))

2/01/2009 3:26 da tarde  
Blogger JPD said...

Olá Clarinda

Não sei dizer qual a editora francesa que convida um escritor para, durante um ano, escrever um diário, que há-de ser editado por ela.

Eu cheguei ao csimiro de Brito através de uma réplica daquela inicitiava por oarte da Campo das Letras.

«NA BARCA DO CORAÇÃO»

É extraordinário!

A seguir, tive enorme dificuldade
em encontrar poesia do casimiro.

Se achar conveniente este conselho, ou compra este diário, ou a poesia ou os dois.

Bjs

2/01/2009 4:12 da tarde  
Anonymous cõllybry said...

Às vezes, sim basta uma palavra e tudo ou quase se desmorona...Resta a esperança...

Tem presentes, terno beijo

2/01/2009 7:47 da tarde  
Blogger Mariz said...

Salvé amiga:
"É no desespero e na tristeza que somos testados. Só quem desceu ao vale mais profundo, sabe o quão é magnífico subir á montanha mais Alta!" - disse Roosevelt e eu assino em baixo....e já lá vão 10 anos e quase 7 meses. Acho que está na hora de nova derrocada...ou não!Vamos ver. Não é de 10 em 10 anos?
Sinto-me cansada...sinto, sinto.
Abraço de sempre...
MAriz

2/02/2009 12:38 da manhã  
Blogger Vieira Calado said...

Há gente sortuda!

Bjs

2/02/2009 12:40 da manhã  
Blogger Eduardo Aleixo said...

Nunca é tarde para esse instante sem tempo, em que a vida vence a morte, a luz as trevas, e vem a confirmação de que nunca estivemos sós...
Belo texto, amiga.
Abraço.
Eduardo

2/02/2009 3:00 da tarde  
Blogger FERNANDA-ASTROFLAX said...

QUERIDA MARIA CLARINDA, BELÍSSIMO TEXTO, ANDE MAIS UMA VEZ NOS DEIXAS A TUA SEBEDORIA... OBRIGADA AMIGA... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

2/02/2009 3:16 da tarde  
Blogger vaandando said...

um instante, nada mais que um instante, em quie se faz luz e nome ...
belo, instante este, o da escrita !

Abraço

_____________ JRMARTO

2/02/2009 3:23 da tarde  
Blogger Gisela Rosa said...

o instante encerra tudo.

2/02/2009 9:28 da tarde  
Blogger Viver é Bom ! ! ! said...

Lembrei-me do filme PERFUME DE MULHER... em um momento vive-se uma vida !!!

Adorei seu blog.
Passei por aqui... achei tudo muito bacana !
Parabéns !
Quando der visite meu blog também :

Beijo !
Solange Maia

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

2/03/2009 3:52 da manhã  
Blogger Maria, Simplesmente said...

Maria:
Acredita no que te vou dizer:
Fugi do teu texto quando o comecei a ler, uma fase má que atravessei mas que já ultrapassei, com custo, mas que como outras, guardei no "baú", que de longe em longe se abre par receber o que não quero ver, mas sei que está lá dentro.
Hoje a chuva cai o dia é cinzento e eu não estou angustiada, pelo contrário, gostaria de passear à chuva e talvez vá satisfazer esse desejo.
Hoje já posso comentar a tua fotografia, o instinto da sobrevivência que todos temos dentro de nós!
É bela, muito bela, e mostra a força que sentimos quando não queremos partir.
Beijos
Maria

2/03/2009 2:13 da tarde  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
e num instante
o instante vacilou
e
mudou . . . o instante,
no instantâneo momento,
,
belo como sempre, amiga,
,
instantâneas conchinhas, deixo,
,
*

2/03/2009 6:38 da tarde  
Blogger Ester said...

Que bello Clarinda...

2/03/2009 6:55 da tarde  
Blogger © efeneto said...

Quando á beleza da foto se junta o sentimento das palavras nada a dizer. beijo de saudades de aqui vir.

2/03/2009 7:08 da tarde  
Blogger Ana Oliveira said...

Maria

Embora sem comentar, porque há textos e sentimentos que só podem ser lidos com o coração e dispensam palavras, gosto muitissimo das visitas que faço.
Recebi um selo para um blog 100% e vim deixá-lo aqui, embora não saiba se é seu costume aceitá-los.
De qualquer forma fica a intenção.

Um beijo

Ana

2/03/2009 8:16 da tarde  
Blogger Manuela Viola said...

A luz que nos salva está dentro de nós! Há
que parar e olhá-la.
Beijo Clarinda

2/03/2009 9:54 da tarde  
Blogger Fernando Santos (Chana) said...

Olá Maria, bela fotografia...belo momento...Espectacular...
Beijos

2/04/2009 12:27 da manhã  
Blogger Cadinho RoCo said...

De um nome podemos reverter situação inteira.
Cadinho RoCo

2/04/2009 3:12 da tarde  
Blogger Nilson Barcelli said...

Os milagres, por vezes, acontecem mesmo.
Bom resto de semana para ti.
Beijo.

2/04/2009 5:33 da tarde  
Blogger O Profeta said...

A terra dorme em sobressalto
Um grito brota da alma
Danço com esta bruma de Inverno
Rodopia em meu peito uma estranha calma

Águas despertas, Mar bravio
Cai sobre mim um nevoeiro perverso
Uma onda estende seu manto de espuma
Açoita as pedras adiando o regresso


Boa semana


Mágico beijo

2/04/2009 9:45 da tarde  
Blogger Eärwen Tulcakelumë said...

Amiga Querida

É bom estar de volta e ver que continuas a brindar-nos com textos lindos e fotos melhores ainda.

Deixo um punhado de pérolas incandescentes de boas energias e carinho amigo.

Eärwen

2/05/2009 12:27 da manhã  
Blogger mundo azul said...

__________________________________

Quando trazemos a fé no coração, sabemos que ao clamar, seremos atendidos...

Bela mensagem em suas palavras, amiga!

Beijos de luz e um dia muito feliz!!!

________________________________

2/05/2009 11:57 da manhã  
Blogger pin gente said...

é bom quando os maus momentos são apenas instantes.

um beijo

2/05/2009 5:46 da tarde  
Blogger Multiolhares said...

A palavra, como a palavra tem influencia
nos sentimentos, pode-nos elevar ais céus,
ou como tão bem dizes fazer-nos cair no
precipício, Por vezes precisamos de muito
força para nos segurarmos
beijinhos

2/05/2009 10:26 da tarde  
Anonymous Olhos de Mel said...

Minha doce amiga, passando para saber de você e desejar um bom fim de semana!
Beijos

2/06/2009 2:30 da manhã  
Blogger JOSÉ NEVES said...

E que uma mão amiga esteja sempre por perto...

Adorei esta tua foto, está espectacular, que expressividade!

Um beijinho.

2/06/2009 8:49 da tarde  
Blogger lua prateada said...

Passei correndo
Com xuva,vento e frio
Passei voando
Arrastada por um fio.

Não passei por nada
Apenas ,porque de mim emana
Grande amor por meus amigos
Passei desejando bm fim d semana.

Beijinho prateado com carinho

SOL

2/07/2009 3:44 da manhã  
Anonymous collybry said...

Vim deixar uma bjca e desejo de um dia feliz...

Cõllybry

2/07/2009 6:08 da tarde  
Blogger elvira carvalho said...

Passei. Deixo um abraço e votos de bom fim de semana.

2/07/2009 9:07 da tarde  
Blogger Sonia Schmorantz said...

A palavra mágica
dorme na sombra
de um livro raro.
Como desencantá-la?
É a senha da vida
a senha do mundo.
Vou procurá-la.
Vou procurá-la a vida inteira
no mundo todo.
Se tarda o encontro, se não a encontro,
não desanimo,
procuro sempre.
Procuro sempre, e minha procura
ficará sendo
minha palavra.

Carlos Drummond

Lindo domingo!
abraços

2/08/2009 3:59 da manhã  
Blogger Conceição Duarte said...

Vocês poetas me encantam com as palavras!
Parabéns, lindo!
Beijinhus de mais uma brasileira, CON DUARTE

2/08/2009 12:03 da tarde  
Blogger São said...

Pois, como é cruelmente actual o teu texto!
Da foto também gostei.Até porque estou sempre atenta a pormenores.
Boa semana.

2/08/2009 4:04 da tarde  
Blogger Osvaldo said...

Olá Maria Clarinda;
Há já algum tempo que pensava em passar por aqui pela admiração que nutro pelas tuas fotos que A Paula Raposo e muito bem, se inspira para escrever belos poemas.
Hoje, como tenho tempo aqui apareci e se assim o fiz, melhor para mim pois descobri um blog genial.
Além das fotos, tens crónicas/poemas lindissimas. Também notei, relendo posts anteriores que eles são envelopados de um certo mistério. Engano-me ?.
As melhores saudações.
Osvaldo

2/09/2009 11:13 da manhã  
Blogger Portaria ILEGAL said...

Aprenda a roubar Portugal aqui: http://portaria-59.blogspot.com/

2/09/2009 9:23 da tarde  
Blogger maresia_mar said...

olá

às vezes encontramos forças onde menos esperamos!

Bom resto de semana.

beijos

2/10/2009 10:14 da manhã  
Blogger Metamorfose said...

Encontramos sempre uma força extra quando é preciso.

Beijo

2/10/2009 4:28 da tarde  
Blogger O diabo está nos detalhes said...

há instantes que duram eternidades.

2/13/2009 1:16 da manhã  
Blogger Pedrasnuas said...

Num instante se perde a vida...

Beijinho

2/26/2009 4:55 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home