quinta-feira, fevereiro 11, 2010

“ O que estamos destinados a ser, é o mesmo que sempre fomos – no mais fundo de nós mesmos”
Jacob Needleman in" O pequeno livro do tempo”

Estava lá... eu via-a, aproximei-me lentamente, quase que a vi sorrir... ganhando vida ofereceu-me o mundo em forma de bola. Convidou-me para jogar... aceitei sem vacilar... e, jogámos o jogo do tempo... sem tempo... Então tudo mudou... o tempo ficou com sentido... a felicidade veio... comecei a viver.... o nosso tempo sem tempo!

Foto: (Jardim do Museu Castro Guimarães)

58 Comments:

Blogger ADiniz said...

Este comentário foi removido pelo autor.

2/11/2010 4:38 da manhã  
Blogger ADiniz said...

Algumas x parecemos em estado sonambúlico, sendo conduzidos por um universo de coisas exteriores que nem sabemos se nos faz falta, mas o bom é que sempre é tempo de despertar
Bjinhos Clarinda e um bom final de semana.

2/11/2010 4:41 da manhã  
Blogger gaivota said...

uma imagem linda, o mundo nas mãos...
e que bom fazer o jogo da vida, numa bola, livre, como uma criança
beijinhos

2/11/2010 12:17 da tarde  
Blogger Sereia* said...

Que bom que é vir aqui procurar sombras e ver toda esta luz!

O mundo numa bola de sabão, também pode ser. Recebi-o de ti e, desde então, vou aos pulinhos, saltitando, a soltar bolas de sabão pela rua fora, sempre que o tempo me deixa mais triste ou mais séria.

:)

ADOREI este post, Maria Clarinda!

2/11/2010 4:33 da tarde  
Blogger Sandra Rocha said...

Um bonito detalhe, também ficava bem em P&B.
Beijinhos.

2/11/2010 4:59 da tarde  
Blogger joaninha said...

A imagem é excelente.

As tuas palavras são o saltitar de uma bola no tempo, que jovialmente sorri para mostrar como com uma simples bola se pode ser feliz...
Muitos beijinhos ternurentos

2/11/2010 5:12 da tarde  
Blogger FERNANDA & POEMAS said...

OLÁ MINHA QUERIDA AMIGA CLARINDA, LINDA FOTO DESTA ESTÁTUA TÃO BELA...!
SIMPLESMENTE SUBLIME...! ABRAÇO-TE COM MUITO CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

2/11/2010 9:09 da tarde  
Blogger Pedrasnuas said...

A VIDA ESTÁ NAS NOSSAS MÃOS...O QUE FAREMOS DELA E COM ELA SÓ NÓS É QUE SABEMOS....O TEMPO É PRECIOSO...PARA NOS ENCONTRARMOS...CADA COISA A SEU TEMPO...NÃO PODEMOS ANTECIPAR NEM ADIAR...É JOGAR NA HORA CERTA...

BEIJINHOS E BOM CARNAVAL

2/11/2010 10:14 da tarde  
Blogger CarlaSofia said...

Gosto muito da citação escolhida.
beijinho*

2/12/2010 11:01 da manhã  
Blogger Lilá(s) said...

É preciso saber jogar no momento certo e por vezes é tão difícil...
Bjs

2/12/2010 3:04 da tarde  
Blogger mixtu said...

estamos destinados a ser... felizes

é o que eu vou fazer...

abrazo

2/13/2010 8:29 da tarde  
Blogger Lídia Borges said...

Um texto e uma imagem em dialogismo perfeito.

Muito interessante!

2/13/2010 10:46 da tarde  
Blogger maria said...

e brinca com a vida com o maior dos carinhos!!!
xi
maria de são pedro

2/14/2010 7:42 da manhã  
Blogger Cátia said...

Minha querida e doce amiga, e é assim... numa brincadeira inesperada, num vai e vem, num jogo jogado que tudo muda... mas principalmente mudamos nós... E o tempo, esse, que era muito passou a pouco, que era amargo passou a doce, e o que era vazio passou a cheio... E é assim, num tempo sem tempo que te digo, neste dia que se celebra o Amor (e como há tantos tipos de amor!!), que digo que gosto mt de ti.

Beijinhos carregados de uma ternura imensa que sabes tua,
CA

2/14/2010 12:49 da tarde  
Blogger São said...

Toda a gente tem o mundo ao seu dispor...só que o desconhece.

Diverte-te!

2/14/2010 2:17 da tarde  
Blogger © Piedade Araújo Sol said...

bela imagem (como é habitual)

belas palavras.

beij

2/14/2010 5:11 da tarde  
Blogger heretico said...

tempo luminoso. o teu...

beijos

2/14/2010 6:56 da tarde  
Blogger Je Vois la Vie en Vert said...

Apanha a bola e joga com ela, querida amiga. Faz com que ela seja uma alegria ! Já estou a ver 3 sorrisos de crianças que gosto muito !

Queres fazer um voo com um casal apaixonado que conheces ? Vai dar uma vista de olhos no meu blogue...

Beijocas

Verdinha

2/14/2010 11:32 da tarde  
Blogger Bichodeconta said...

Menina , minha querida, que delicia. maravilhada, curvo-me perante o teu talento, o teu sentir, o teu poema..um beijinho, Ell

2/15/2010 9:54 da tarde  
Blogger Agulheta said...

A bola do tempo e onde nos leva a jogar,sempre em torno dum sentido e felicidade.
Beijinho de amizade Lisa

2/16/2010 12:23 da manhã  
Blogger Sonia Schmorantz said...

Talento para descrever sentimentos...
beijos, linda semana

2/17/2010 1:07 da manhã  
Blogger Malena said...

Mi querida Mª Clarinda: Es un escrito lleno de dulzura. Solo un alma de poeta puede obtener belleza de lo que le rodea.

Gracias por tus palabras en mi blog durante mi retiro. A veces se necesita que te den un abrazo.

Mil beijos e mil rosas.

Malena

2/17/2010 12:58 da tarde  
Blogger A Luz A Sombra said...

Bela fotografia como sempre são as tuas Maria.
Hoje estive no mil e estive a ver algumas das tuas. Parabéns por elas.
Bj
A Luz A Sombra

2/17/2010 9:08 da tarde  
Blogger Ana Martins said...

Boa noite Clarinda,
no jogo do tempo sem tempo, o tempo aumentou o tempo de compreender e sorrir à vida!

Beijinhos,
Ana Martins

2/18/2010 12:00 da manhã  
Blogger Graça Pires said...

Um amor, uma vida, um tempo sem tempo...
Belíssima fotografia, Clarinda.
Um beijo.

2/18/2010 2:11 da tarde  
Blogger Fernando Santos (Chana) said...

Olá, bela fotografia...Espectacular....
Beijos

2/18/2010 8:02 da tarde  
Blogger augusto, um entre mil said...

À espera de serem felizes para sempre...

2/21/2010 3:21 da manhã  
Blogger Maripa said...

" A alegria é a nossa evasão do tempo"...[disse algém que não me lembro].
A tua sensibilidade, o teu olhar atento vê sempre mais longe. Porque não viver o jogo do "nosso tempo sem tempo"?

Beijo,Maria Clarinda. E o meu carinho.

2/21/2010 6:59 da tarde  
Blogger mixtu said...

tempo que sem tempo... tem tempo..
uma bola...

jogar...

o jogo da vida...

rotação...

poesia...

abrazos serranos

2/21/2010 9:45 da tarde  
Blogger Vieira Calado said...

O tempo é (apenas) o nosso tempo.

O resto é uma pura abstracção!

Beijinho

2/22/2010 2:02 da manhã  
Blogger Sofá Amarelo said...

O tempo de um tempo que o tempo não apaga... tempo de nós, tempo dos outros... mas sempre um tempo de viver!!!

Muitos beijinhos!!!

2/22/2010 7:14 da tarde  
Blogger ADiniz said...

Clarinda
Por hj...
"Não é necessário brigar com o que somos, e sim desenvolver as virtudes opostas."
(Dr. Edward Bach )

Uma semente, um copo d’água, um abraço longo e um bom final de semana a vc

2/26/2010 11:51 da manhã  
Blogger Déia said...

É bom quando alguem se dispõe a olhar pra ela, e brincar com ela...
Muitas vezes, fica lá, no frio , na chuva, sem pedir atenção...

Que bom que tirou por instantes sua imensa solidão!

bj

2/26/2010 12:10 da tarde  
Blogger João Videira Santos said...

Uma foto que detalha as palavras e o sentimento de quem capta a imobilidade criativa do autor...

2/28/2010 2:35 da tarde  
Blogger Sonia Pallone said...

Ser poeta é temperar com cores o nosso pensamento, como vc fez agora, tão lindamente...Bjs,

2/28/2010 3:43 da tarde  
Blogger A.S. said...

Maria Clarinda,

Viver um tempo sem tempo é pura alquimia!


Beijos...
AL

3/01/2010 7:55 da tarde  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
outros tempos virão,
digo eu . . .
,
conchinhas,
,
*

3/02/2010 12:13 da tarde  
Blogger Sara S. said...

Gostei tanto da citação como do texto. Que se prolongue esse tempo sem tempo! Beijinhos

3/04/2010 6:22 da tarde  
Blogger Sofá Amarelo said...

Beijinhos. Boa semana!!!

3/08/2010 3:09 da manhã  
Blogger maresia_mar said...

a vida é assim, um tempo, sem tempo!
... lembraste-te de abrir a janela da vida?
Bjhs

3/14/2010 7:41 da tarde  
Blogger Brancamar said...

Olá Maria Clarinda,

Das tuas fotos sempre a beleza do momento e da conjugação com o texto.

És uma belíssima pensadora e esta mensagem é tão importante para todos nós, que hoje nos escravizamos ao tempo, muitas vezes obrigados, mas outras porque não queremos pensar, nem mudar os rumos da vida. Assim espero que nos obrigues a reflectir sobre este tempo...sem tempo...para que possamos ter tempo para viver.

Beijinhos
Branca

3/18/2010 7:28 da tarde  
Blogger Duarte said...

"... o nosso tempo sem tempo!"

Que magia e que enlevo se apoderam destas palavras.

Belo.

Um forte abraço

3/19/2010 11:55 da tarde  
Blogger Eärwen Tulcakelumë said...

Ainda bem que aceitastes o convite. A saudade é grande minha amiga...
Venho trazer pérolas incandescentes de carinho, selando meu retorno.
Com carinho
Eärwen

3/20/2010 2:18 da manhã  
Blogger Thiago said...

Mais um post muito bonito que quase deixava escapar!! :) beijos grandes de um filho

3/22/2010 5:11 da tarde  
Blogger pin gente said...

mas o conhecimento interior é uma "longa" aprendizagem.

um abraço, clarinda

3/23/2010 12:45 da tarde  
Blogger Je Vois la Vie en Vert said...

Obrigada, querida Maria Clarinda, pelo teu cuidado !
Não estou bem, não, mesmo se disfarço, porque estou triste, muito triste quando vejo a decadência dos meus queridos pais.

Beijinhos

Verdinha

3/24/2010 12:02 da manhã  
Blogger Mona Lisa said...

Olá

É preciso tempo para se ter tempo...

Bjs.

3/25/2010 10:09 da tarde  
Blogger Multiolhares said...

Quem disse que as estátuas não tem vida?
beijitos

3/27/2010 12:10 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

Clarinda, minha querida amiga, obrigada por tantas palavras carinhosas. Quando nos encontramos de novo? Sou tua amiga. Um beijo.

3/27/2010 4:32 da tarde  
Blogger lua prateada said...

FELIZ PÁSCOA!...
Olá...............passei para te convidar para minha festa!passa lá e te diverte...Obrigada pela presença...Beijo de prata

SOL

3/31/2010 2:09 da manhã  
Blogger Maria said...

É preciso chegar a um degrau superior para se conseguir 'viver o nosso tempo sem tempo'.
Belo texto!

Beijo.

4/02/2010 2:35 da tarde  
Blogger Flor said...

Momento reclusa e introspectiva.. mas passando pra deixar um beijo e desejar bom feriado

4/04/2010 3:12 da manhã  
Blogger Rabisco said...

Olá Clarinda!
Quem me dera ter no tempo uma clareza desse tempo do qual falas...
QUem dera a mim...

Parabéns por este texto e pela magnífica fotografia que o acompanha.

Beijinhos

4/06/2010 8:04 da tarde  
Blogger Lyra said...

Olá,

Encontrei este sitio absolutamente delicioso para se desenhar, "desabafar" e descontrair :o)

Percebi que não é preciso sabermos desenhar bem para ilustrarmos ou "escrevermos" o que nos vai na alma através do desenho...E às vezes é bem mais fácil desenharmos o que nos vai na alma em..."silêncio"

E pode-se sempre adicionar o desenho ao blog ou enviá-lo por e-mail a alguém.

www.sketchtag.com - visita - vale mesmo a pena! Divirte-te!


Até breve.

;O)

Lyra

4/08/2010 10:56 da manhã  
Blogger Isabel-F. said...

Maravilha ...

imagem e texto.

adorei

bjs

4/08/2010 10:57 da manhã  
Blogger Maria Eugenia Ponte said...

Olá, Clarinda, dá um saltinho ao meu blogue, deixei lá um "miminho" para ti.
É um miminho e uma brincadeira, em simultaneo...
Bom fim de semana, beijinhos,
Gena

4/09/2010 4:20 da tarde  
Blogger Multiolhares said...

Um dia o coro adormece o sono dos justos, mas...a alma continua no tempo sem tempo, e... mesmo as pedras,são nossas semelhantes partilhando esse tempo sem fim
beijinhos

4/14/2010 9:44 da tarde  
Blogger tonsdeazul said...

Lindíssimas palavras!

4/15/2010 10:29 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home