quinta-feira, outubro 07, 2010


“Eles pertencem à insignificância, e o insignificante existe sem verdade, sem realidade, sem segredo, mas é também ,talvez, o lugar de toda a significação profunda.” Maurice Blanchot

As cores maravilhosas do Outono, chamam-me sempre com uma voz que apesar de envolta em nevoeiro, me trazem momentos em que se torna imperativo estancar a vida, e, não deixar o quotidiano escapar-me entre os dedos... termos uma máquina fotográfica nas mãos dá-nos um poder de prisão sobre esse quotidiano que escorre como chuva... um poder insignificante mas ao mesmo tempo poderoso.

Voltei...como prometi no Outono...tentando trazer esses momentos.

Fotografia tirada da janela da minha casa

O texto foi inspirado em algo que li da Inês Pedrosa em Cartas a Uma Amiga

36 Comments:

Blogger © Piedade Araújo Sol said...

gostei de ler-te, o outono trouxe-te de volta e isso é bom.

a foto...belisima.

um dia ainda te peço a janela emprestada...

beij

10/07/2010 9:12 da tarde  
Blogger gaivota said...

bom regresso, e uma fotografia lindíssima!
o que se vê de uma janela...
beijinhos

10/07/2010 10:00 da tarde  
Blogger GarçaReal said...

Olá amiga de terras quentes...De acácias em flor ,de Mirabillis no deserto ,de imbondeiros com frutos únicos...

Que o Outono traga a beleza das tuas palavras.

Obrigada pela tua visita

Sempre bjgrande do lago com amizade

10/07/2010 10:02 da tarde  
Blogger BRANCAMAR said...

Maria Clarinda,

Gostei tanto que voltasses.
A fotografia está assombrosamente bonita e que priviligiada teres esse poente na janela de tua casa!

Imagino que te encheste de inspiração e belas leituras para nos trazeres sempre essa combinação perfeita de texto e imagem, o teu texto e as tuas citações sempre maravilhosas!
Saudades que tenho tido dos meus primeiros amigos da blogosfera e eles não tÊm faltado por estes dias. Que alegria senti pela tua visita e que saudades tive também, o que aliás expressei por mais que uma vez no post anterior.
Beijinhos.
Branca

10/07/2010 11:53 da tarde  
Blogger Mona Lisa said...

Olá

Um regresso pleno de força, cor e magia...

Uma foto SOBERBA!

Bjs.

10/08/2010 12:25 da manhã  
Blogger ADiniz said...

Este é um momento que nunca é igual tanto aurora quanto no crepúsculo, pode ser sempre na mesma estação, este segredo chamado esperança que se esconde na curva do horizonte faz dele único e lindo.

Bjinhos em SolM a vc Clarinda.

10/08/2010 1:22 da manhã  
Blogger alegria de viver said...

Olá querida

É com muita alegria que recebo sua visita.
A foto ficou belíssima, parece uma pintura.
O Outono tem muita beleza.

Com muito carinho BJS.

10/08/2010 2:25 da manhã  
Blogger cristina said...

Un tramonto bellissimo, con colori caldi e coinvolgenti !

Grazie per la tua gradita vivita
Cri

10/08/2010 6:47 da manhã  
Blogger São said...

Que bom , o teu regresso...ainda por cima acompanhado por uma estupenda foto e um texto que muito me agradou.

Sabes que gosto muito de Inês Pedrosa?

Um grande grande abraço.

10/08/2010 12:43 da tarde  
Blogger Lilá(s) said...

Gostei deste regresso em tons de Outono, que eles continuem a inspirar mais postes.
Beijinhos

10/08/2010 4:24 da tarde  
Blogger Cátia said...

Querida,

O Outono, apesar de trazer-nos a chuva, traz-nos também excelentes cores, excelentes momentos, excelentes oportunidades para fotografiar e inspirarmo-nos para a vida.

E que foto linda que nos trazes neste inicio de outono! Venham outras :)

Beijinho mt grande de carinho e ternura
CA

10/08/2010 4:26 da tarde  
Blogger mundo azul said...

________________________________


Gostei do texto, gostei da foto e gostei da música! Perfeito...


Beijos de luz e o meu carinho, sempre!!!

___________________________________

10/08/2010 5:40 da tarde  
Blogger Ana Oliveira said...

Maria

Obrigada pela visita.

...faziam falta as imagens, sempre belas, e as palavras sempre com sabor a vida...

Um beijo

(...que janela!)

10/08/2010 6:25 da tarde  
Blogger Sonia Pallone said...

A fotografia retém um instante perene...Linda, a que você postou. Um beijo querida, obrigada pelo carinho no Solidão.

10/08/2010 6:40 da tarde  
Blogger CarlaSofia said...

Bem-Vinda!
beijinhos outonais

10/08/2010 10:07 da tarde  
Blogger A Luz A Sombra said...

Já tinha saudades de ver uma fotografia tua, Maria Clarinda!
Que sorte poderes ver este PDS da tua casa! Eu quando o procuro tenho de andar tanto!
É lindo!
Aparece sempre que queiras, Maria Clarinda, pois dás-me prazer nas tuas visitas.
Faz as críticas que entenderes, pois é isso que eu gosto, dos que sabem fotografar.
Bj

10/09/2010 10:57 da tarde  
Blogger helia said...

Linda Foto que transmite muita tranquilidade e interessante citação de Maurice Blanchot

10/10/2010 4:39 da tarde  
Blogger Pedrasnuas said...

A TUA ESSÊNCIA NAVEGA NA FOTO...E ISSO TORNA-A CHEIA DE SIGNICADOS PROFUNDOS...

QUERO VER ESSAS FOTOS OUTONAIS...

BEIJINHOS

10/11/2010 10:24 da tarde  
Blogger AFRICA EM POESIA said...

Amiga
adorei a foto...



E Hoje é sempre um belo dia para começar de novo...

beijoos para ti

HOJE


Hoje, é mais um dia.
Mais um que vem e que vai
E amanhã o dia amanhece de novo
Mas... igual a tantos outros...

Esperamos com ansiedade
Que o dia mude rapidamente
E se transforme em algo diferente
E em que nós possamos sentir essa diferença...

Diferença em tudo o que nos rodeia
Em tudo que existe à nossa volta...
E consigamos nessa diferença...
Sermos sempre iguais...
E sermos sempre... "mais nós"...

LILI LARANJO

10/12/2010 10:32 da tarde  
Blogger JE VOIS LA VIE EN VERT said...

Querida Clarinda,

Que linda fotografia ! Que sorte tens tu de presenciar tão belas imagens da tua casa ! Que bonito da tua parte a partilhar connosco !
Tenho saudades tuas, sabes ?
Quando estiver melhor, gostaria imenso de tomar um cafézinho contigo !
Beijocas
Verdinha

10/12/2010 11:46 da tarde  
Blogger heretico said...

bom regresso. sob o signo do Outono...

beijos

10/13/2010 9:16 da tarde  
Blogger Vieira Calado said...

O Outono tem, realmente, os seus encantos...

Beijoca

10/13/2010 11:36 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

A tua máquina. As tuas mãos. Os teus olhos trazem-nos esta imagem magnífica de outono que nos lembram enredos de fim de tarde.
Um grande beijo, minha amiga.

10/14/2010 4:58 da tarde  
Blogger Fluzão Eterno said...

Tenho um blog sobre curiosidades e gostaria de saber de você se haveria a possibilidade de você me ajudar
colocando o link do meu blog no seu e eu faria o mesmo com o seu,meu nome é Luciano e sou Bombeiro Militar
no Rio de Janeiro,
parabéns pelo trabalho que vem fazendo com seu blog e fico aguardadando sua resposta

Curiosidades
http://centraldascuriosidade.blogspot.com/

Tenho um blog também sobre bombeiros
Vida de bombeiro
http://www.heroisdavida.blogspot.com/

Mensagens e poemas:
Mensagens
http://centraldoamorvirtual.blogspot.com/

Meu time de coração,Fluminense:
Fluzão
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Visite os meus blogs e veja se pode me ajudar colocando o link de algum deles no seu,um abração

Caso tenha interesse entre em contato comigo pelo email lmturl@gmail.com,mandando mensagem em qualquer blog meu
ou pelo orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=5076013500225631247

MSN; bombeiro_dorio@hotmail.com

10/15/2010 3:32 da tarde  
Blogger Rolando said...

OLÁ. TUDO BLZ? ESTIVE AQUI. FOTOS LINDAS. APAREÇA POR LÁ. ABRAÇOS.

10/15/2010 5:20 da tarde  
Blogger Menina Marota said...

Estás de volta, que bom!
E o Outono, o cheiro da terra molhada, as suas cores, inspiram.
Beijo de saudade, Amiga.

10/17/2010 5:26 da tarde  
Blogger Fernando Santos (Chana) said...

Bela fotografia...belo texto...Espectacular....
Cumprimentos

10/19/2010 9:08 da manhã  
Blogger jorgeferrorosa said...

Clarinda, grato pela mensagem no meu blog. Muito grato mesmo. Senti-me feliz, mas ao mesmo tempo muito triste. Algo que é indescritível. É verdade, vejo que tinhamos em comum a nossa querida amiga Isabel Carmo, a Joaninha. Era para mim uma amiga do coração, alguém que nunca mais irei esquecer e que recordo com muita saudade.
A ISabel, está no meu coração, na minha memória... mas tudo o que possa surgir nunca a substitui. Fico sem palavras e liberto as minhas lágrimas que são os elos de comunicação com a eternidade. Estou triste, sim, muito triste.
Um abraço
Jorge Ferro Rosa

10/20/2010 1:15 da tarde  
Blogger Duarte said...

Que belo! Este piano de outono emite sons que acompanham as folhas na sua caída...

Abraços de vida

10/22/2010 12:15 da manhã  
Blogger AFRICA EM POESIA said...

Com um beijinho e boa semana



A VIDA


A vida corre...
E nós corremos com ela...
Corre tão depressa...
Que nós nem damos conta...

Quando abrimos os olhos...
A vida correu, correu...
E muitas vezes passou...
E nem para nós olhou...

E então acordamos...
Mas como é tarde...
Vamos correndo muito...
Para podermos agarrá-la...

LILI LARANJO

10/24/2010 10:00 da tarde  
Blogger ADiniz said...

Bom Dia

Uma passagem rápida e urgente
Pra desejar-te uma semana em Paz e cheia de amor feito esta Lua cheia.

Bjinhos

10/25/2010 11:21 da manhã  
Blogger Jaime A. said...

Que linda vista tem de sua casa.
Uma excelente combinação imagem-texto (como sempre :)


Ah! A propósito, também adoro o Outono, estação de acalmia, de algum silêncio (se o desejarmos) a seguir à lufa-lufa do Verão tão incaracterístico...

10/27/2010 1:49 da manhã  
Blogger Luadosul said...

Vim a ler coisas agradavels e deixar um beijinho.
Carinhos desde Uruguai!

10/31/2010 9:47 da manhã  
Blogger AnaMar (pseudónimo) said...

Seja o que for que te/nos traga de volta a NÓS, é de louvar e apreciar cada instante captado, deixá-lo preso no olhat e solto no peito.

Beijinho

11/01/2010 8:52 da manhã  
Blogger Agulheta said...

Amiga Clarinda. A sintonia de palavras para uma foto de beleza,se encontram aqui.
Beijinho de amizade

11/03/2010 10:52 da tarde  
Blogger Osvaldo said...

Clarinda;

Ainda bem que voltaste em tardes de Outono envolta num pôr du Sol lindissimo.
Também gosto das cores desta época do ano e no domingo passado, quando subia para Chamonix, várias vezes parei para fotografar as cores ocre-douradas que a natureza da montanha nos oferece.
bjs, Clarinda.
Osvaldo

11/04/2010 8:30 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home