quinta-feira, julho 05, 2007


Porque continuo na tal "ressaca de sentimentos",
dos "momentos estonteantes" , fica este poema da Sophia ...
e, mais uma foto.

No ponto onde o silêncio e a solidão
Se cruzam com a noite e com o frio,
Esperei como quem espera em vão,
Tão nítido e preciso era o vazio. *

29 Comments:

Blogger Reflexos da Alma said...

Minha Querida Clarinda !!!

Sim , Sofia tem razão, há Vazios que se podem tocar de tão nítidos que eles são !

Espero que estejas bem ....

Aqui te deixo um Beijo Grande e votos de um Bom fim de semana !!!

7/05/2007 5:47 da tarde  
Blogger poeta_silente said...

"No ponto onde o silêncio e a solidão
Se cruzam com a noite e com o frio,
Esperei como quem espera em vão,
Tão nítido e preciso era o vazio."

Maravilhoso!!!!!!!!
A conotação de vazio é impressionante. Uma perfeita descrição do que é sentir-se só.

Obrigada pela visita.
Miriam

7/05/2007 9:58 da tarde  
Blogger efeneto said...

...a eterna poetiza...só por este momento valeu a pena vir a este espaço de palavras...um beijo amigo...efeneto

7/06/2007 12:28 da manhã  
Blogger Moinante said...

Querida Clarinda , grato pelas palavras simpáticas , claro que podes copiar , compilar .

Tenho tido problemas com o login da minha página,sou hoje consegui colocar este episódio e fazer alguns comentários .

Mil beijos de amizade , votos de um excelente fim de semana .

7/06/2007 10:55 da manhã  
Blogger poetaeusou said...

*
Mesmo que eu morra o poema encontrará
Uma praia onde quebrar as suas ondas
E entre quatro paredes densas
De funda e devorada solidão
Alguém seu próprio ser confundirá
Com o poema no tempo
,
in) sophia
.
jino
*

7/06/2007 11:49 da manhã  
Blogger Sandecida said...

ola
o vazio as vezes é tão real q chega a ser palpavel... mas, mais tarde ou mais cedo tudo acaba por se compor... e ate o vazio deixa de ser tão real...

bjos sempre doces

7/06/2007 1:15 da tarde  
Blogger Mário Margaride said...

Querida amiga,

Mais um lindo poema da Sofia, que aqui nos trazes!

Beijinhos

7/06/2007 2:28 da tarde  
Blogger Samech Yud Tet said...

Olá Clarinda!

Gosto de estar aqui... Gosto deste estado de alma que embora doloroso, permite que nos viremos para dentro de nós para escutar o que cada célula tem para dizer.

Também tenho saudades dele... muitas!

Prometo aparecer mais vezes!

Carla

7/06/2007 2:32 da tarde  
Blogger GarçaReal said...

Dificeis estes momentos de "ressaca de sentimentos".
Há vazios que se podem tocar.

bj

7/06/2007 2:46 da tarde  
Blogger Menina_marota said...

Ah... quanto me diz esse poema. Quanto!!
Vim ler-te e deixar-te um beijo carinhoso por toda a tua presença.

Bj ;)

7/06/2007 3:00 da tarde  
Blogger Reflexos da Alma said...

Minha Querida, Minha Amiga Clarinda !!!

Passei para ler novamente o teu post, deixar-te uma Beijoka muito Grande e desejar-te um Bom fim de semana !!!

7/06/2007 4:53 da tarde  
Blogger TINTA PERMANENTE said...

Que nunca o vazio seja por si; que seja a ausência breve do todo que o enche...
Abraço

7/06/2007 6:07 da tarde  
Blogger gasolina said...

Eu não quero falar do poema, sobejamente belo.
Quero antes falar desses teus olhos sobejamente sábios para trazerem "janelas" tão belas como estas nuvens. Mesmo que sejam de brincar.

Momentos puros, estes. Impossível falar de solidão.

Um beijo, Maria Clarinda e BRAVO!

7/06/2007 7:40 da tarde  
Blogger antónio paiva said...

..................

preencher a solidão e o vazio, são tarefas árduas mas muito nobres

falar de uma e de outro, não é fácil

mas escrever sobre, é ainda mais difícil

há-as/os como a Sophia, que o fazem com mestria e elevação

belo post Maria clara
.........................

Beijo e bom fim-de-semana

7/06/2007 7:59 da tarde  
Blogger MARTA said...

Os vazios....tenta-se preencher e às vezes não se consegue...
Gostei do poema da Sophia e a foto foi uma boa escolha...........
Obrigada pela visita.
Até já
Beijos
Marta

7/06/2007 8:01 da tarde  
Blogger sonhadora said...

Um lindo poema!
Beijinhos de sonho embrulhados em abraços

7/06/2007 9:08 da tarde  
Blogger Mário Margaride said...

Querida amiga,

Passo para te deixar um terno beijo.

E desejar-te um óptimo fim de semana!

7/06/2007 10:34 da tarde  
Blogger margusta said...

Faz hoje dois anos que editei o meu primeiro post...

O que conta não é o que fazemos, mas o amor que colocamos no que fazemos!".
Madre Teresa de Calcutá ...

Alongo os meus braços e abraço-Vos... num abraço intemporal!!!

7/07/2007 12:34 da manhã  
Blogger Angela Ursa said...

Maria Clarinda, espero que esses dias logo passem e você fique bem. Beijos da Ursa :))

7/07/2007 6:19 da manhã  
Blogger Tongzhi said...

O poema é lindo e a foto é "aquela máquina" a que este blog nos habituou
Beijos!!!

7/07/2007 1:27 da tarde  
Blogger essência said...

o quarto do fillho...
beijos

7/07/2007 9:09 da tarde  
Blogger ©õllyß®y said...

Sentimos o que parece vazio, mas é magoa de não ter sentido...

Doce beijo e meu rastooooooooooo

7/08/2007 2:03 da manhã  
Blogger o alquimista said...

“O Alquimista” foi nomeado o melhor dos 7 bogues maravilha após votação na blogoesfera, a imensa honra que me invade faz com que distribua esta honra por ti e todos aqueles que me visitam partilhando comigo esta Alquimia das Palavras.



Perdido no tempo o teu coração errante, alma desencontrada da oração, uma flor liberta na brisa uma semente, que secretamente a noite a recolhe na ausência de um coração.


Bom domingo


Doce beijo

7/08/2007 4:07 da tarde  
Blogger Fernando Palma said...

Belo trecho de poesia. Esteticamente e reflexivamente bem construído...


Obrigado pela agradável visita ao meu espaço.

Um ótimo Domingo!

7/08/2007 7:42 da tarde  
Blogger Tchivinguiro: onde nasci. said...

Que a luz volte a ti e o vazio se preencha, pouco-a-pouco, com o que te é mais essencial.

Uma semana mais feliz que cada uma das muitas outras já passadas.

Beijinho.

7/08/2007 10:06 da tarde  
Blogger Alexandra said...

E eu que adoro este poema...!

Obrigado pelas palavras no meu espaço. :)

Uma boa semana.

Beijocas.

7/08/2007 10:52 da tarde  
Anonymous Menina_marota said...

Olá... Tens um desafio na minha "toca" se quiseres aceitar...

Beijinhos e uma boa semana ;))

7/09/2007 3:37 da manhã  
Blogger poetaeusou said...

*
sophia
sempre
*
ji
*

7/09/2007 11:37 da manhã  
Blogger vida de vidro said...

Dá-me mais Sophia... mais e mais! :)
A foto está linda. Onde é? **

7/09/2007 2:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home